6 dicas para reduzir desperdícios na produção de alimentos

Você sabia que o Brasil é um dos países do mundo com maior índice de desperdício de alimentos? Todo ano são mais de 40 mil toneladas de alimentos desperdiçados no país, e segundo levantamento da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a maior parte do problema está na produção. Entre as principais causas estão as dificuldades de gestão, processos ultrapassados, linhas de produção ineficientes, falta de manutenção preventivas e corretivas de máquinas e equipamentos, entre outros. Na produção de alimentos isto não é diferente, as perdas também acontecem e podem trazer prejuízos para o seu negócio. Pensando nisto, nós listamos algumas dicas para evitar desperdícios:

Rastreabilidade

O método bastante comum no mercado de carnes permite a identificação do insumo, em todas as fases da cadeia produtiva, o que ajuda no controle de qualidade, detecção de sistemas de fraude, atendimento de demandas dos consumidores, obtenção de certificações, alinhamento com exigências do mercado interno e externo, e gera mais competitividade.

Manutenção dos equipamentos

A iniciativa antecipa possíveis falhas, identifica problemas, evita paradas emergenciais, e ainda garante a preservação da mercadoria e o cumprimento dos prazos de entrega. A manutenção dos equipamentos também aumenta sua eficiência, o que pode até diminuir o consumo de energia durante o funcionamento.

Controle de estoque

Toda empresa que tem em mãos números atualizados do seu estoque sempre sofrerá menos com perdas e desperdícios. O controle pode ser otimizado com sistemas de gestão e automação para o controle da produção, ferramentas que podem tornar essa atividade mais dinâmica e ágil, além de realizar a compilação dos dados de estoque para análise dos gestores.

Armazenamento adequado

A qualidade do ambiente de estoque tem implicação direta na sua conservação e nas perdas. Caso o ambiente seja inadequado, o estoque pode sofrer com constantes perdas.

Organização da logística

A refrigeração precisa ser adequada, bem como os respectivos equipamentos indicadores de temperatura e itens para manuseio capazes de operar nesse tipo de ambiente. Antes do transporte, as áreas isoladas para a preservação da mercadoria já devem ser determinadas, bem como o período em que cada item permanecerá dentro do veículo, que deve ser o menor possível.

Controle de qualidade

E, por fim, uma das melhores formas de diminuir desperdícios na produção de alimentos é investindo no controle de qualidade, o que além de ajudar seu estabelecimento a ter todas as certificações necessárias para funcionamento, ainda pode garantir a qualidade do produto final. Quando você começa a melhorar os processos, não quer parar mais. Por isto é importante criar a cultura da melhoria contínua e utlizar ferramentas para isto, como o Ciclo PDCA, conhecido pelas quatro etapas básicas Planejar (Plan), Executar (Do), Checar (Check) e Agir (Act). Para você saber aplicar o PDCA da forma correta, confira neste link o ebook gratuito que preparamos com dicas sobre o assunto.  

Ao prosseguir navegando em nosso website, você concorda com nossa Política de Privacidade.